jusbrasil.com.br
11 de Dezembro de 2017

Como saber se preciso de um Advogado?

Se você esperar muito para contratar um advogado, pode ser tarde demais para assegurar seus direitos.

Tiago Albuquerque, Administrador
Publicado por Tiago Albuquerque
há 3 anos

Quando devo contratar um Advogado

Se você está pensando em contratar um advogado, é quase certo que você realmente está precisando de um. Contratar um advogado geralmente não sai barato, e contratar um bom advogado sem indicações ou referências parece ser uma aventura que pode trazer resultados inesperados.

Você não pode contratar "qualquer um", mas também não pode esperar que sua situação se complique. E agora?

A necessidade de contratar um advogado pode surgir por diversas razões e com urgências distintas, sendo assim fica difícil saber o exato momento em que precisamos contratar um advogado. É certo que quanto antes você procurar um advogado, melhor.

Advogados especializados em Direito Penal

Se você está sendo investigado por um crime grave, ou que tenham sido preso e acusado de um crime, então você deve contratar um advogado o mais rápido possível. Promotores esperam que os réus em potencial cometam erros e falem com as pessoas erradas nos primeiros estágios do processo de investigação; isso faz com que o seu trabalho muito mais fácil. Não complique sua situação, e facilite a deles, esperando para contratar um advogado.

Advogados especializados em Direito Civil

Existem inúmeros tipos de ações cíveis e advogados que se especializam em cada área do direito. Mas, em geral, o mesmo conselho aplica-se acima: quanto mais cedo você pode contratar um advogado melhor.

A maior parte do trabalho de um advogado é realizado antes do julgamento, nas fases de investigação e de descoberta. Na verdade, a grande maioria dos casos nem sequer chegar a julgamento. Sendo assim, é extremamente importante que, uma vez que você decida que é preciso ter um advogado, você tenha um a disposição.

Você pode não estar apressado para contratar um advogado, mas a verdade é que, quanto mais cedo contratar um, melhor.

Como o Jusbrasil pode me ajudar a encontrar um bom advogado?

O Jusbrasil possui um sistema de envio de casos jurídicos que é muito simples e vai multiplicar suas chances de conseguir um bom advogado.

Como funciona?

  1. Você explica seu caso e envia para o Jusbrasil;
  2. O Jusbrasil recebe seu caso e distribui para os advogados especializados da sua região;
  3. Os advogados entram em contato com você por e-mail ou telefone, sem compromisso de contratação.
  4. Você decide quem é o melhor advogado para contratar e pronto!

Fica fácil tomar uma boa decisão, os advogados são avaliados com notas e depoimentos por outros clientes. A avaliação é anônima, o que permite que os clientes se sintam à vontade para avaliar o atendimento recebido.

Você encontra mais detalhes aqui.

10 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

5. Pague os honorários e não tente reduzi-los após solucionado seu problema. continuar lendo

realmente. pague somente apos solucionado seu problema. nunca antes. continuar lendo

Boas dicas, mas em relação aos honorários, pague somente quando concluído todo o processo ou vai ficar a ver navios, como eu já fiquei - ainda tenho um processo sem movimentação - e isso sendo um advogado com várias referências. continuar lendo

Perdão Silas Pazzini, mas preciso responder aos nossos colegas José Pedro e Jefferson.:
a advocacia é uma atividade de meio e não de fim. voce contrata o advogado para trabalhar e não para ganhar a causa. a vitória ou a derrota dependem, na maioria quase absoluta das vezes, de provas que o próprio cliente não consegue produzir.
agora, com relação ao momento de pagar honorários, o que eu recomendo, seguindo nossos colegas é que, quando você for a um restaurante, pague apenas um dia depois, se não tiver diarreia ou intoxicação. e quando comprar um remédio, pague apenas se ele te curar. aliás, consulta médica, cirurgias, internações, somente devem ser pagas se o seu problema for resolvido. (é assim??) continuar lendo

A lentidão das causas não é culpa dos advogados e sim de um judiciário ineficaz e muita das vezes sem contingente humano e aparelhamento adequado para solução das lides. continuar lendo

Muito bom e esclarecedor o texto.

Certamente ajudará bastante, quem realmente necessita dos serviços de um bom profissional. continuar lendo

O pior é quando o advogado te cobra, você fornece as provas, ele não as coloca no caso. O juiz dá ganho a outra parte dizendo que você não tinha provas pra dizer o que disse (pois estas não foram anexadas) e depois o advogado ainda te cobra de novo no final por ter feito a parte dele. Estou passando por uma condição destas é não está sendo nem um pouco agradável. Eu como cliente, fico cada vez mais desacreditado em recorrer a um advogado para defender alguma causa, ou perdem o prazo pra apresentar algo solicitado, ou não apresentam as provas que você fornece. Te cobram para acompanhar um processo e não acompanham, pois eu sempre tenho mais informações atualizadas e quando ligo no escritório sempre ninguém sabe de nada e tem que ver. Infelizmente muitos prejudicam poucos bons. Acabamos ficando naquela condição, ele te cobra, faz a parte que julga ser a dele e depois te deixa de lado. Muitos só se preocupam em peticionar, cobrar e acabou. continuar lendo

Caro Paulo, geralmente isso acontece por falta de competência na área processual civil ou penal. É um erro bastante comum quando o advogado é inexperiente.

Com certeza esses advogados querem ganhar o processo para que possam adquirir experiências de sucesso nos seus "currículos", eles não querem perder os casos. Trabalharam e querem receber.

Você como cliente não precisa arriscar. Quando precisar de um advogado, procure os que possuem melhores recomendações na lista de advogados do JusBrasil. continuar lendo

Bem interessante poder contar com um orgão sério como JusBrasil para orientações e indicação de um bom advogado, pois infelizmente como todas as profissões existem profissionais bons e ruins, e nessa área alguns advogados se utilizam do conhecimento que tem sobre as leis e da falta desse por parte do cliente para agir de má fé. continuar lendo